Polícia fecha desmanche em MS ao encontrar peças e veículo de luxo furtados no RJ e SP

Denúncia sobre a existência de um carro de luxo em Campo Grande que teria sido roubado em São Paulo fez com que policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Defurv) fechassem, nesta segunda-feira (18), uma loja de revenda de peças automotivas na Avenida Manoel da Costa Lima, na Vila Piratininga, na Capital. Proprietário do estabelecimento, um homem, de 25 anos, foi preso por receptação qualificada e resistência à prisão.

Policiais da Defurv foram acionados para verificar a existência de um carro de luxo roubado em uma loja de revenda de peças. Quando chegaram ao local, os investigadores fizeram buscas pelo número do chassi do veículo e confirmaram que havia um registro de ocorrência sobre ele no estado de São Paulo.

O proprietário do carro e do estabelecimento, jovem de 25 anos, chegou ao local e foi informado pelos policiais sobre a restrição do veículo, mas, em princípio, se recusou a comparecer na delegacia e disse que ninguém levaria o carro dali. Ele ainda empurrou um dos investigadores.

O homem foi algemado e os policiais começaram a fazer buscas no estabelecimento. Peças de alguns veículos com registros de roubo no Rio de Janeiro foram apreendidas e o proprietário da loja recebeu voz de prisão.

Na delegacia, o homem contou que comprou o veículo e as peças para revender, mas negou saber que tinham sido roubadas.

As peças foram levadas para o pátio da Defurv e um inquérito policial foi instaurado para dar continuidade às investigações.

Denúncias sobre roubos e furtos de veículos podem ser feitas pelo telefone (67) 3901-1861.

 

 

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *