Mulher estranha comportamento da enteada, descobre estupros e idoso é preso suspeito dos abusos

Um idoso de 68 anos foi preso em Água Clara, na região leste de Mato Grosso do Sul, suspeito de estuprar crianças da mesma família. Uma criança de 10 anos e a tia dela, de 30, disseram ter sido abusadas pelo marido da avó e a polícia acredita que há mais vítimas. Ele nega o crime.

A Polícia Civil chegou até o idoso após denúncia da família de uma das vítimas, uma menina de 10 anos. A criança morava com o suspeito e a avó, em uma fazenda, até o final de 2020. Quando foi para a casa do pai, a madrasta estranhou que a menina não sorria, entre outros comportamentos diferentes para uma criança da idade dela.

A mulher conseguiu ganhar a confiança da enteada e então ela contou que era abusada pelo marido da avó desde que tinha 5 anos. Falou ainda que a prima também já tinha sido vítima e que o suspeito tinha arma.

A Polícia Civil e o Conselho Tutelar foram acionados, foram até à fazenda e lá encontraram uma arma de fogo com o suspeito, o qual foi preso em flagrante pela posse de arma. Ele nega os estupros.

Outras vítimas

A criança de 5 anos que também seria vítima do idoso estava na cidade com a mãe, de 30, quando os policiais chegaram à fazenda. O Conselho Tutelar conseguiu localizar as duas e então a mulher contou que também já tinha sido abusada pelo suspeito.

Segundo relatos da mulher à polícia, ela foi estuprada pelo idoso pela primeira vez quando tinha 9 anos. Ela falou ainda que desconhecia que a filha e a sobrinha eram abusadas por ele.

A Polícia Civil pediu a prisão preventiva do idoso e investiga se há mais vítimas, pois diversas meninas da mesma família moraram na fazenda com o casal.

 

 

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *