Advogado é preso tentando entrar em presídio de MS com 633 papelotes de ‘K4’, droga 100 vezes mais forte que a maconha

Um advogado foi preso em flagrante, no fim da manhã desta quarta-feira (17), após ser flagrado com mais de 630 papelotes da droga ‘K4’, que possui efeitos semelhantes ao da maconha, porém, 100 vezes mais forte, no Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Zorzi”, em Campo Grande.

Conforme a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), o profissional tentava entrar na unidade de segurança, por volta das 10h15, quando servidores localizaram o entorpecente no cós de uma calça jeans.

Conforme apurado pelos agentes, a droga seria entregue a uma das internas do estabelecimento de segurança. Depois do flagrante, o advogado chegou a fugir do local, mas foi capturado.

Ao todo, foram localizados 633 papelotes de substância K4, droga sintética composta por ingredientes artificiais feitos em laboratório.

Informada sobre o ocorrido, a Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso do Sul (OAB-MS) encaminhou representante para acompanhar o advogado flagrado com a droga até a Delegacia de Polícia Civil para registro de ocorrência.

Dourados

Quase 500 papelotes da mesma substância (k4) também foram apreendidos na Penitenciária Estadual de Dourados, no último sábado (13). O flagrante também aconteceu durante revista de pertences, que localizou porções da droga em maços de cigarros.

Ao todo, foram apreendidos 478 pontos da droga sintética, na ocasião. O visitante que tentava entrar na unidade com os entorpecentes, foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil para registro de ocorrência.

 

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *