• Representantes da Abrasel Costa Leste MS e demais instituições que compõem a Aliança de Entidades de Três Lagoas (Associação Comercial e Industrial (ACITL), Associação dos Jovens Empreendedores (AJE), Associação de Pesca Esportiva (APETL), Associação Integra Costa Leste e Sindicato Rural de Três Lagoas (SRTL) estiveram reunidos nesta quarta-feira (24) com o presidente da Câmara Municipal Cassiano Maia e com o vice-prefeito Paulo Salomão, para apresentarem projetos de fomento ao turismo e ao setor gastronômico no município.

    Um dos projetos é a implantação de Parklets, que são áreas contíguas às calçadas, onde são construídas estruturas a fim de criar espaços de lazer e convívio. Geralmente possuem bancos, jardinagem e até Wi-Fi e promovem um espaço de convivência, ampliando a estrutura dos estabelecimentos comerciais onde são instalados.

    Para o presidente da Abrasel, Marcos Júnior, a instalação dos Parklets na circular da Lagoa Maior seria apenas o início de um grande projeto de transformação daquela área e citou outra iniciativa para aquela região: “o objetivo é criar a Orla Gastronômica, ampliando a oferta de bares e restaurantes no principal ponto turístico que temos na cidade, o que atrairia os turistas”.

    O presidente da Abrasel reforçou sobre a necessidade de uma atenção especial ao setor, que foi um dos mais prejudicados durante a pandemia. “Os bares, restaurantes, buffets e hotelaria ainda estão trabalhando no vermelho”, disse.

    O advogado André Milton, que integra a Abrasel e Associação Integra Costa Leste, reforçou que em cidades como Campo Grande e São Paulo onde já foram instalados Parklets, o fluxo de clientes aumentou consideravelmente nos estabelecimentos.

    Representando o Executivo municipal, o vice-prefeito Paulo Salomão gostou da ideia e sugeriu a implantação de um projeto piloto para avaliação de sua efetividade. Ele também orientou os proponentes à apresentarem o projeto para o secretário municipal de obras, Adriano Barreto.

    O proprietário da I9 Contabilidade Rômulo Tabox, reforçou a importância de uma revisão das taxas municipais aos empresários de pequeno e médio portes, para fomentar a vinda de novos empreendimentos. “Nossa proposta é a redução no valor do IPTU, do alvará de funcionamento e da guia da vigilância sanitária em pelo menos 50%. Acreditamos que o setor de bares e restaurantes emprega mais do que muitas indústrias atualmente e contribui para o aquecimento do turismo regional”.

    O presidente do Integra Costa Leste e empresário Joaquim Barbosa reforçou sobre a importância dos investimentos no setor turístico e citou o Balneário Municipal. “É preciso fazer investimentos naquele local, transformando o balneário num espaço de competições esportivas e eventos de grande porte, que possam ser divulgados nacionalmente. Temos potencial para isso”, reforçou.

    Após ouvir as reivindicações, o presidente da Câmara Cassiano Maia parabenizou os presentes pelas iniciativas e garantiu que fará o que estiver ao seu alcance para concretizar os projetos. Ele reforçou que levará as reivindicações aos demais vereadores e reforçou o compromisso do prefeito Angelo Guerreiro com o desenvolvimento da cidade. “Neste momento estamos vivendo uma transformação urbana inédita, com uma série de obras de infraestrutura que Três Lagoas nunca teve. Mas é fundamental pensarmos no turismo e nos serviços, como setores sociais de grande empregabilidade e geração de renda no futuro. Temos potencial para isso e precisamos desenvolver novos atrativos. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance neste sentido”, finalizou.

     

    Fonte: Assessoria da Aliança de Entidades

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *