Projeto “Memórias, História e Identidade da Cultura Brasileira” homenageia a professora Ednéia Borges

No intuito de ensinar a história e cultura afro-brasileira e africana, as unidades de ensino da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) dedicaram o mês de novembro para o Projeto “Memórias, História e Identidade da Cultura Brasileira” que homenageia a professora Ednéia Borges.

Na noite de ontem, quinta-feira (25), foi realizado o encerramento do projeto que tem parceria com as escolas municipais, no auditório da Associação de Ensino e Cultura de Mato Grosso do Sul (AEMS). O projeto foi uma ação colaborativa das escolas:  Escolas Municipais: Gentil Rodrigues Montalvão, Presidente Médici, Professor Elson Lot Rigo e Professor Odeir Antônio da Silva.

Durante todo o mês as unidades desenvolveram atividades contando a história dos negros no Brasil: a migração, período de escravidão, abolição da escravatura e os negros nos dias atuais, por meio de apresentações dos alunos das Escolas Municipais: Gentil Rodrigues Montalvão, Presidente Médici, Professor Elson Lot Rigo e Professor Odeir Antônio da Silva.

APRESENTAÇÕES

Abrindo o espetáculo da noite os primeiros que passaram pelo palco foram os estudantes da Escola Gentil Rodrigues Montalvão que retrataram o tráfico de escravos, com a encenação do poema de Castro Alves (Navio negreiro).

Em seguida, a Escola Odeir Antônio da Silva contou com a participação do projeto que atende crianças e pais da comunidade do bairro São João, com o Grupo de Capoeira Regional Brasil

Representando a força e beleza de um povo que foi escravizado, os alunos da Escola Presidente Médici produziram um desfile e apresentação de dança caracterizando a cultura afro.

Os estudantes da Escola Elson Lot Rigo retrataram os negros nos dias atuais, por meio da apresentação da música Dandalunda (Magareth Menezes).

A sétima atração foi a dança das crianças da Odeir Antônio da Silva ao som da música “Identidade” de Jorge Aragão. E para finalizar a noite o coral com a música “Canção da América”.

HOMENAGEM EDINEIA BORGES

A professora Ednéia Borges Laurentino, vítima da Covid-19, faleceu no dia 27/05/2021, era diretora da Escola Municipal “Odeir Antônio da Silva”, homenageada da noite a docente deixou um legado de contribuições para a Educação e também por sua forte representatividade como mulher negra e defensora de uma sociedade sem preconceitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *