• Na manhã desta terça-feira (22), integrantes da AFADA (Associação Fazendo a Diferença no Autismo) foram recebidas pelo presidente da Câmara, Dr. Cassiano Maia, na sede do Legislativo Municipal. Nadir Villalva, Ariane Lopes e Viviane Lima buscaram apoio do representante do Legislativo Municipal, para viabilizar atendimentos de indivíduos com diagnóstico de TEA (Transtorno do Espectro Autista) e seus familiares, no município.

    As três mães de autistas elencaram como demandas emergenciais, a curto prazo: conseguir laudo (há muitas famílias aguardando mais de 2 anos por um diagnóstico); receita de médico particular ser aceita na rede SUS, sobretudo, pelo alto custo de medicamentos prescritos para muitos autistas e ampliação do número de profissionais da saúde, para tratamento dos autistas (psicólogo, fonoaudiólogo e terapeuta ocupacional).

    Neste sentido, ainda durante a reunião, o presidente da Câmara, fez contato via telefone com a secretária municipal de saúde, Elaine Furio, para intermediar uma conversa entre as representantes da AFADA e ela, visando viabilizar alguns encaminhamentos.

    Para cada uma das três ações emergenciais citadas, a secretária informou o encaminhamento e a previsão. De imediato, a questão do laudo, é que está com trâmites avançados. A telemedicina é prevista em edital de licitação da Prefeitura e deve agilizar os diagnósticos.

    O atendimento de autistas, através da Equoterapia este ano, foi outra boa notícia dada pela secretária municipal de saúde.  Furio confirmou que a contratação de profissionais para o atendimento também já está em fase de licitação.

    Quanto a contratação para atendimento terapêutico, mais psicólogos, fonos e TOs devem ser disponibilizados, assim que ocorrer a validação do último concurso, realizado pela Prefeitura, que abriu vagas nestas funções.

    O projeto da Clínica Escola, outra demanda já apresentada aos vereadores, ainda está em formatação e planejamento e deve pautar uma reunião com o prefeito Angelo Guerreiro. As representantes da AFADA pediram apoio do vereador Dr. Cassiano Maia, neste sentido.

     

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *