• A Rede de Proteção do Município de Brasilândia está realizando na manhã desta segunda-feira (21), no centro da Cidade, a Mobilização do dia “Gabi Vive”.


    A data foi criada em homenagem a Gabriele Magalhães de Souza, que tinha 9 anos de idade quando foi assassinada pela própria mãe, em 21 de março de 2020, após ter relatado abuso sexual cometido pelo padrasto.

    E com a mobilização também tem como propósito em alertar e conscientizar toda a sociedade para a proteção dos direitos das crianças e dos adolescentes.

    A equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Tutelar e Assistência Social realizam a distribuição de panfletos e adesivos da campanha, bem como orientam a população sobre os canais de comunicação em caso de denúncia de violação de direitos da criança e do adolescente.

    *COMO DENUNCIAR?*
    A Rede de Proteção explica a como a população faz para denunciar alguma suspeita de violência.

    A pessoa pode procurar o Conselho Tutelar de Brasilândia, Delegacia de Polícia, algum membro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente ou ligue no Disque 100 (Disque Direitos Humanos) ou o número de Emergência 190.

    Esses são alguns órgãos oficiais que podem auxiliar em casos de denúncias de suspeita de violência física, sexual e psicológica contra crianças e adolescentes.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *