• Pesquisa de intenção de consumo para a Páscoa mostra que a data irá movimentar R$218,65 milhões em Mato Grosso do Sul, um montante menor em comparação ao ano passado. O estudo foi divulgado nesta terça-feira (22), pelo Sebrae/MS, em parceria com o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio MS (IPF MS), Sindicom e Sindivarejo MS.

    Do valor total da movimentação financeira, mais da metade (54,1%) dos entrevistados planejam presentear alguém – em sua maioria, os filhos (51,3%). Já o restante (43,2%) será gasto com comemorações. Segundo a analista técnica do Sebrae/MS, Vanessa Schmidt, o momento é de cautela, para que o empresário possa aproveitar a data.

    “Para esse ano, percebemos uma intenção de queda de movimentação financeira das intenções de consumo da Páscoa, então é importante que o empresário esteja atento na hora de fazer suas decisões de compra e se prepare para a data com cautela, para que seja um momento lucros e não de prejuízos”, explicou.

    Dentre as preferências de presentes, o ovo de Páscoa, se mostrou dominante, com 53% de intenções de compra. Caixas de bombons também se mostraram como opção viável para o feriado, com 18% de predileção. Quanto ao momento da compra, a grande maioria das pessoas (85,3%) prefere comprar seus presentes presencialmente e de uma loja física, com o maior atrativo sendo o desconto no pagamento à vista (77,9%). Além disso, 45,7% declararam que pretendem comprar mais que três presentes de Páscoa, com um gasto médio de R$128,85.

    “É importante que o empresário esteja atento aos fatores que mais contam na definição de compra. Quase 80% querem desconto para pagamento à vista e o segundo fator mais importante é o atendimento, citado por 32,38% e, em terceiro, a variedade, apontada por outros 23,72%”, explica a economista do IPF, Regiane Dedé de Oliveira.

    Comemorar a Páscoa é uma opção para 43,2% dos participantes da pesquisa, sendo que desses, quase 80% planejam comprar ingredientes para preparar sua refeição e passar o dia reunidos com familiares ou amigos – com um gasto de, em média, R$183,12. Apenas 14,7% não consumirão peixe, e para quem consumirá, o preferido para a data é o pintado (19,1%).

    Dentre as orientações do Sebrae para os empresários, Vanessa Schmidt recomenda focar em pagamento à vista e realização de encomendas antecipadas. “O empresário deve focar em descontos para o pagamento à vista, já que esse vai ser o principal critério para tomada de decisão de compra do consumidor. Outra dica é trabalhar com encomendas antecipadas, para que a empresa possa se programar na compra dos insumos”, disse.

    Para a realização do estudo, foram aplicados 1.686 questionários sobre perfil, comportamento e gastos, com 95% de confiança. A pesquisa na íntegra pode ser acessada pelo Data Sebrae MS.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *