• Uma jovem de 25 anos foi morta a tiro pelo ex-marido na madrugada desta quarta-feira (20), em Ivinhema, a 290 quilômetros de Campo Grande. O homem, de 36 anos, foi preso em flagrante e confessou o feminicídio.

    De acordo com o delegado Felipe Alvarez Madeira, o crime aconteceu por volta das 4h, quando Maria Mercedes Dominguez Cristaldo saía de casa para o trabalho na roça. O suspeito ficou escondido e quando ela saiu do interior da casa, atirou.

    “O corpo dela estava no quintal. O autor ficou de emboscada, escondido em uma moita, e quando ela saiu, atirou”, conta o delegado.

    Maria Mercedes foi atingida por um tiro na costela, socorrida, mas chegou morta no hospital da cidade. Ela estava grávida de poucas semanas e deixa três filhos, um deles com o ex-marido que atirou nela e fugiu em seguida.

    Testemunhas contaram à polícia que a jovem havia sido ameaçada de morte pelo ex na última semana e falaram as características do atirador.

    Como as características apontadas pelas testemunhas coincidiam com a do ex, a polícia passou a fazer buscas por ele, sendo encontrado na cidade vizinha de Novo Horizonte do Sul, onde morava com a atual esposa.

    Policiais militares estiveram na casa dele, mas a esposa contou que ele havia saído de madrugada e não mais retornado. Ele foi então encontrado em uma das ruas da cidade.

    A arma usada no crime é do tipo artesanal, uma garrucha, com munição de calibre 12, e foi encontrada jogada em matagal na entrada de Novo Horizonte do Sul.

    Conforme a polícia, o filho que Maria Mercedes esperava é do atual companheiro dela. Ela e o suspeito do feminicídio estavam separados há três anos.

     

    Fonte: G1

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *