• A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul investiga os materiais apreendidos na casa do homem, 51 anos, preso por estupro de vulnerável e armazenamento de material pornográfico, , em Brasilândia. Conforme o delegado que atua no caso, Thiago Passos, há DVDs sem identificação e pen drives com imagens de adolescentes, que foi considerada pela polícia como uma “espécie de produtora de filmes pornográficos”.

    “Podem apontar novas vítimas, vamos fazer a análise”, afirma o delegado.

    Segundo investigações, os DVDs encontrados também estão passando por análise. “Estão com inscrições de títulos de filmes pornográficos, pode ser que tenham sido baixados da internet, mas também tem vários DVDs sem identificação, que ainda estão sendo analisados”, aponta o delegado.

    Entenda o caso

    O homem foi preso em Brasilândia, na segunda-feira (9), por estupro de vulnerável e por manter em casa uma “espécie de produtora pornográfica” com imagens de adolescentes, segundo a Polícia Civil. Na casa do suspeito foi encontrada uma maleta com cerca de 170 DVDs com imagens de adolescentes.

    Conforme as autoridades, a vítima dos abusos aparece em imagens pornográficas apreendidas na casa do suspeito. Para a polícia, o homem disse que manteve um relacionamento com a adolescente e que as imagens foram enviadas por ela. Contudo, as investigações concluíram que as imagens foram realizadas por terceiros durante os abusos sexuais.

    Além dos DVDs, foram apreendidos pen drives, cadernos com anotações, notebook e um celular. Os discos de vídeos possuíam um pseudônimo adotado pelo suspeito. A Polícia Civil concluiu que ele mantinha uma “espécie de produtora de filmes pornográficos” em casa.

    Durante a operação, foi cumprido o mandado de prisão preventiva pelo crime de estupro de vulnerável, além do crime de armazenar registros que contenham cenas de pornografia envolvendo criança ou adolescente.

    Fonte: G1

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *