• Após denúncias, Polícia Civil fecha casa de prostituição dirigida por senhora de 70 anos, suspeita de exploração sexual de menor de idade, na tarde de sábado (02), em Água Clara (MS).

    Conforme os policiais, o crime foi descoberto após o Conselho Tutelar tomar conhecimento que uma menina de 15 anos estava sendo explorada sexualmente no local.

    A Polícia Civil foi acionada e diligências para apuração dos fatos foram realizadas, aonde constatou-se a ação criminosa.

    De acordo com o registro policial, o prostíbulo era gerenciado por um homem de 41 anos, que mantinha relações sexuais com a adolescente de 15 anos.

    O suspeito também ameaçava a garota para que ela obedecesse e trabalhasse no local, em alguns momentos agindo com violência.

    Após receber as informações, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do homem e pela aplicação da medida cautelar de proibição de exploração de atividade econômica contra a idosa, deferida pelo Poder Judiciário.

    O caso segue em investigação para apuração a eventual exploração sexual de outras adolescentes e a responsabilidade de cada um no crime.

    Fonte: G1MS

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *