• A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura Transporte e Trânsito (SEINTRA), iniciou na última semana o trabalho de limpeza dos terrenos sujos, realizando a roçada dos matos que já foram notificadas anteriormente e os proprietários não providenciaram a faxina das áreas.

    O objetivo da ação é melhorar o bem-estar da população, evitando a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya. Além disso, a falta de limpeza favorece a infestação de animais peçonhentos que podem causar danos irreversíveis a todos os Munícipes.

    De acordo com o diretor do Departamento de Fiscalização de Obras, Gustavo Wenzel, as roçadas iniciaram na última quinta-feira (30) e seguem até que os terrenos em estado crítico estejam limpos, não oferecendo mais risco à saúde pública.

    Custos

    Os proprietários dos terrenos sujos vão precisar arcar com as despesas da Administração Pública pagando pela taxa de serviço público de capinação e roçada, por exemplo, é 1 UFIM´s/m² (cada UFIM está cotado a R$ 5,6498), além do pagamento de multa.

    Gustavo reforçou que os proprietários não só precisam limpar o local como mantê-lo devidamente cuidado. “A fiscalização acontece durante todo o ano e caso identificadas irregularidades, o proprietário pode ser multado novamente”, disse.

    Wenzel reafirma que é de responsabilidade do proprietário manter o terreno limpo por todo o ano e não somente quando recebe notificação do Departamento de Fiscalização no início do ano.

    Denúncias

    A população pode contribuir com a fiscalização e denunciar terrenos sujos através do telefone (67)9 9275-4326.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *