• A Polícia Federal deflagrou na tarde desta quarta-feira (20/7) operação policial para combater os crimes de estupro de vulnerável e pornografia infantil na cidade de Florianópolis/SC.

    Foram cumpridos um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão, emitidos pela Justiça Federal, em desfavor de homem de 38 anos que cometia abuso sexual infantil contra criança de seu círculo familiar, registrando os atos criminosos em vídeo e compartilhando na internet.

    Trata-se de investigação iniciada a partir da análise de imagens de abuso sexual infantil enviadas por uma agência policial norte-americana à Interpol. A partir do trabalho investigativo realizado pela Polícia Federal, foi identificada uma criança brasileira e descoberto que as imagens foram produzidas em Florianópolis, Santa Catarina.

    Com a utilização de técnicas policiais, métodos investigativos e cooperação policial internacional, a Polícia Federal realizou a identificação da vítima e do agressor retratados nas imagens, que também foram compartilhadas em fóruns da chamada Dark Web.

    As imagens, gravadas em arquivos de vídeo, mostram as cenas do abuso sexual cometido pelo investigado, agora preso preventivamente, em ambiente doméstico.

    As condutas até o momento identificadas podem configurar os delitos de estupro de vulnerável, falsa identidade, produção de imagens de abuso sexual infantil, disponibilização de arquivos de abuso sexual infantil, aquisição de material contendo abuso sexual infantil, aliciamento de criança para prática de ato libidinoso, dentre outros.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *