Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas deflagra operação Pesca Legal

IMG-20220722-WA0006

A Polícia Militar Ambiental deflagrou hoje (22) às 8h00, com término previsto para o dia 24 (domingo) a “Operação Pesca Legal”, que visa ao desenvolvimento de operações sistemáticas de prevenção e repressão à pesca predatória no Estado. A operação, com duração de 72 horas, cobrirá a fiscalização dos rios Rios Paraná, Paranaíba, Aporé, Sucuriú, Verde Pardo e afluentes. As equipes também desenvolverão fiscalização em estradas de acesso aos cursos d’água.

Uma das maiores preocupações da Polícia Militar Ambiental relativamente à pesca predatória e que será combatido durante a Operação Pesca Legal, é o uso de petrechos com grande poder de depredação de cardumes como as redes de pesca, anzóis de galho e espinheis. Dessa forma, a fiscalização nos rios serve para evitar que pescadores pratiquem pesca ilegalmente, pela presença das equipes e que armem os petrechos ilegais, ou pelo menos, fazer a retirada desse material sem que tenham prejudicado os cardumes.

Os drones que estão sendo utilizados na fiscalização da PMA e têm funcionado como uma importante ferramenta nos trabalhos preventivos também serão utilizados na operação. Com os aparelhos, os infratores têm ficado com receio de serem identificados pelas imagens, bem como os drones permitem que os Policiais possam fiscalizar grandes áreas de rios, ou terrestres, sem serem percebidos, o que dificulta ainda os avisos via celular aos infratores, que são comuns quando as equipes estão nos rios, ou a campo.

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias

Banca Digital

Edição 218