Suzano contrata 129 profissionais formados(as) do seu programa de qualificação técnica industrial em Ribas do Rio Pardo (MS)

3 - novos profissionais
A Suzano já contratou 129 profissionais formados(as) do primeiro ciclo do Programa de Qualificação Técnica para a Operação Industrial da empresa em Ribas do Rio Pardo (MS). Os novos colaboradores que atuarão na fábrica que a Suzano está construindo no município representam 65% da turma de 197 novos técnicos e técnicas certificados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), no final de agosto deste ano, para atuar nas áreas de eletrotécnica, mecânica, automação e química.
Além de ser composta majoritariamente por pessoas de Ribas do Rio Pardo (63%, contra 35% de outras cidades do Mato Grosso do Sul e apenas 2% de outros estados), a nova turma tem a diversidade como uma de suas principais marcas: são 54 mulheres e 97 pessoas pardas e negras. Os(as) profissionais contratados(as) passarão por uma imersão na unidade da Suzano em Três Lagoas e, em 2023, começarão a atuar na futura fábrica da empresa em Ribas do Rio Pardo.
De acordo com Angela Aparecida dos Santos, gerente executiva de Recursos Humanos da Suzano no Mato Grosso do Sul, a contratação de formados(as) nos cursos oferecidos na cidade pelo Senai, em parceria com a Suzano, reforçam um importante compromisso da empresa com a comunidade rio-pardense. “A qualificação profissional de moradores do município e a oferta de oportunidades de trabalho sempre com um olhar local são nossas prioridades. Queremos que essas pessoas encontrem na empresa um ambiente propício para se desenvolver e trilhar uma trajetória de sucesso”, conclui.
Persistência e afinidade
A rio-pardense Sabrina Prado, de 23 anos, é uma das novas auxiliares de Manutenção contratadas pela empresa graças ao seu desempenho de destaque no curso de mecânica industrial e conta que, por ser mulher e ter se graduado em outra área, enfrentou muitas opiniões contrárias à sua escolha. “Muitas pessoas próximas não concordavam que mecânica era para mim, falavam que era melhor investir na minha área de graduação mesmo eu nunca tendo trabalhado nela. Isso não me desanimou, só me fez persistir no curso. Foi assim que conquistei a vaga para trabalhar na Suzano e estou gostando muito”, afirma.
Também Auxiliar de Manutenção recém-contratado pela Suzano, Eduardo Brito, de 26 anos, formou-se no curso técnico de Automação Industrial do programa e conta que foi o interesse em saber como as coisas funcionam que o levou a buscar a oportunidade. “Isso vem desde a infância, desmontando brinquedos e até o relógio do meu pai. O curso técnico confirmou minha afinidade com a Automação e foi onde aprendi muito como profissional e ser humano”, conta. Paralelamente, o jovem cursa a faculdade de Engenharia de Controle e Automação e vê a vaga na empresa como o início da construção de uma carreira sólida no município.
Programa de Qualificação Técnica
O Programa de Qualificação Técnica para a Operação Industrial da Suzano contou com sete turmas divididas em duas frentes: uma aberta em novembro do ano passado com participantes que concluíram o Ensino Médio, mas nunca haviam feito um curso técnico, e outra aberta em março deste ano com pessoas que já haviam feito algum curso técnico. Os cursos de formação foram ministrados pelo Senai no próprio município de Ribas do Rio Pardo, de segunda a sexta-feira, com oito horas diárias de capacitação entre aulas práticas e teóricas.
Todos os novos e novas técnicas realizaram os cursos gratuitamente e ainda receberam benefícios como bolsa-auxílio de R$ 1,5 mil e alimentação no local, entre outros. A expectativa da empresa de contratar ao menos 50% dos(as) formados(as) para trabalharem nas operações da nova fábrica foi superada, representando 65% do total de profissionais que concluíram os cursos. Os demais estão preparados para atuar no mercado em Ribas do Rio Pardo ou em outras regiões.
Sobre a Suzano
A Suzano é referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel. Com 98 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países. Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br.

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias

Banca Digital

Edição 218