Capitão Contar denuncia coação a funcionários públicos

WhatsApp Image 2022-10-06 at 12.00.39

O Capitão Contar (PRTB) apresentou nesta quarta-feira (05) notícia-crime no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para apurar coação a funcionários públicos para que declarem voto contra ele na campanha eleitoral. O Capitão foi o mais votado no primeiro turno em Mato Grosso do Sul com 384.275 votos, 26,71% dos votos válidos no estado.

Desde o início da semana, lideranças do partido adversário começaram a orquestrar provocações ao Capitão. Um caso que ganhou destaque foi em Sidrolândia, um casal de professores gravou um vídeo comemorando a liderança do Capitão, mas voltou atrás no posicionamento em um outro vídeo divulgado em redes sociais. O casal foi abordado por assessores que informaram o que teriam de dizer.

A notícia crime registrada – número 0600036-86.2022.6.12.0031 – visa apurar os fatos e coibir que esse tipo de conduta continue ocorrendo.

“Lamentamos esse tipo de situação. Ver funcionários públicos expostos dessa forma. Uma família do interior, com todo carinho nos enviou um vídeo espontâneo comemorando o resultado do primeiro turno. Fiquei muito grato e gravei um vídeo para apoiadores incluindo o agradecimento a esse casal. No mesmo dia, a família foi abordada por assessor com o script do que deveriam dizer e equipe de filmagem para obrigar a família a dizer que não conhece Capitão. Um absurdo”, afirma o Capitão Contar.

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias

Banca Digital

Edição 217