A Defesa Civil de Três Lagoas se reuniu na manhã desta quinta-feira (17), com representantes do Corpo de Bombeiros local e grandes empresas do Município para discutir e apresentar ideias que possam ser acrescentadas ao Plano de Ação Mútua (PAM).

O Plano acontece desde 2010 e tem como objetivo ampliar o apoio mútuo entre empresas de grande porte, poder público e Corpo de Bombeiros na atuação de prevenção e combate de situações de risco e emergências, como incêndios, vazamento de produtos químicos e tóxicos, agentes poluidores, entre outros.

Além disso, o apoio técnico e profissional é essencial em casos que exijam conhecimento específico para ser contido.

O chefe da Defesa Civil, Welton Alves, abriu a reunião enfatizando as adequações que o Órgão tem recebido para melhor atuar junto à sociedade e em ações como esta. “Estamos em constantes melhorias para que a Defesa Civil de Três Lagoas possa ser referência em apoio e serviço à população e considero de grande necessidade a participação dos órgãos públicos e privados no PAM, de forma a prevenir grandes riscos”, disse.

A palestra foi conduzida pelo tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Fábio Assis, e pelo coordenador administrativo do PAM, Roberto Silva Santos, que apresentou o balanço de atuações e sugeriu empenho das empresas na aquisição de equipamentos e materiais úteis em caso de necessidade.

Participaram da reunião representantes do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL), Setor de Vigilância em Saúde, SAMU ambos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), das empresas Eldorado Brasil, Eco Responder, Corttex, International Paper, Arcelo Mittal, Ms Gás, Petrobras, Sylvano e Suzano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *