Não é de hoje que ações de vândalos e ladrões têm causado prejuízo aos cofres públicos. Na última semana, os piscinões dos bairros Montanini e Vila Alegre tiveram seus portões danificados e furtados.

Conforme o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (SEINTRA), Osmar Dias, o primeiro piscinão a sofrer o roubo foi o do Vila Alegre, que teve os portões arrancados do local. Já no Montanini, arrombaram e danificaram a estrutura, deixando em ambos os casos o acesso livre as áreas consideradas de extremo risco.

“Mais uma vez, a ação de bandidos causa transtorno e prejuízo para a Administração Municipal e à população. Os piscinões são locais perigosos e para evitar o acesso de crianças, animais e outros, é que os portões são instalados, além de ser proibido adentrar o local. Em outros bairros já tivemos acidentes com vítima fatal e isso não pode se repetir. É dever de todos zelar pelo patrimônio e integridade de cada cidadão”, ressaltou.

CASA DE BOMBAS DA SEGUNDA LAGOA

Outro local que constantemente é alvo de bandidos e na semana passada foi novamente roubado é a Casa de bombas da Segunda Lagoa. No local, toda a fiação elétrica foi levada impedindo o funcionamento das bombas.

“Este roubo é um tanto mais grave pois, com as bombas paradas e quantidade de chuva desse período, o nível da Segunda Lagoa subiu e alagou a estrada de acesso dos bairros Interlagos e Jardim Dourados. Se continuar chovendo nesta proporção, teremos sérios problemas”, enfatizou Osmar.

O secretário reforça que cada vez que a Prefeitura tem que repor materiais vandalizados ou roubados é uma benfeitoria que deixa de ser realizada. “O dinheiro que investiríamos em outros locais ou em novas obras acaba voltando para aquilo que está pronto. Por isso, precisamos do apoio da população que não tenha medo de denunciar quando presenciar esses crimes. Todo o prejuízo atinge também o cidadão que paga seus impostos”, concluiu.

SERVIÇO

Caso alguém presencie atos de vandalismo ou roubo contra o patrimônio público, o três-lagoense deve ligar para o 190 da Polícia Militar. Mais informações pelo telefone/whats app: 67 99206-4299.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *