A Polícia Federal (PF) fez na manhã desta terça-feira (30) uma operação contra uma organização criminosa acusada de tráfico de drogas, venda de armas de fogo, sequestro e tortura, entre outros crimes.

A ação contou com a participação de 46 policiais federais que cumpriram cinco mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão em Corumbá e Campo Grande. As ordens judiciais foram expedidas pela 1ª Vara Criminal de Corumbá.

As investigações que levaram a operação começaram a partir de informações da Polícia Militar de Corumbá, sobre a atuação de um grupo criminoso que despachava drogas, principalmente cocaína, para as capitais de estados do Centro-Oeste e Sudeste.

Segundo a Polícia Federal, durante as investigações os agentes descobriram que a organização também vendia armas de fogo, atuava em presídios e cometia ainda diversos outros crimes voltados para ameaçar e intimidar desafetos.

Entre os crimes que teriam sido cometidos pelos suspeitos estão o incêndio ao carro de um policial militar, incêndio a residência, sequestro e tortura de um ex-membro.

A operação recebeu o nome de Malum, que conforme a PF, é uma alusão a expressão em latim que significa a “algo ou alguém de má qualidade, de conduta danosa”, traduzindo o comportamento dos integrantes da organização criminosa.

 

Fonte: G1/MS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *