A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), realizou na manhã desta terça-feira (5), a abertura das ações voltadas à campanha “Setembro Amarelo”, realizando um evento com apresentação musical e roda de conversa  com os usuários dos CAPS’s (Centros de Atenção Psicossocial ). O objetivo foi orientar sobre a importância do cuidar da saúde mental, do olhar para si e para o próximo com empatia e a forma ideal de abordar situações de sofrimento emocional, caso haja necessidade.

“Setembro Amarelo”, mês de prevenção e combate ao suicídio. Trata-se de uma campanha, que teve início no Brasil em 2015, e que visa conscientizar as pessoas sobre o ato, bem como evitar o seu acontecimento. Nesse mês no dia 10 é oficialmente o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, em 2023, o tema central é “Se precisar, peça ajuda!”.

Durante o encontro os psicólogos Moriele Córdoba Caramalac e Flávio Arce Silva explicaram que o setembro amarelo é uma celebração à vida e um alerta para que as pessoas se atentem aos próprios sentimentos e emoções e também das pessoas que estão ao nosso redor, pois muitos podem estar em sofrimento, ficando com a saúde mental comprometida e precisando de apoio.

Após a palestra, a equipe serviu um delicioso café da manhã aos que estavam presentes e na sequência realizaram uma roda de meditação e procedimentos de acupuntura e auriculoterapia.

Ao longo do mês a equipe do RAPS vai realizar palestras nas escolas municipais em parceria com a Promoção em Saúde, Núcleo de Educação Permanente e Programa Saúde na Escola, também realizará rodas de conversas nas Unidades de Saúde da Família (USF) e palestras sobre Saúde mental e Acolhimento para os servidores da Atenção Primária em Saúde.

AGENDA “SETEMBRO AMARELO”

21/09 – Participação no evento “Eu respeito a vida: Setembro Amarelo” (local UFMS)
25 e 26/09 – Capacitação para os servidores da Assistência Social/Alta complexidade
30/09 – Encerramento da campanha
As atividades desenvolvidas nas escolas vão acontecer de acordo com agenda das unidades de ensino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *