Três homens foram presos na Operação Aurum, deflagrada pelas Polícias Civil de Mato Grosso do Sul e de Jales, em São Paulo, contra bandidos que roubaram uma joalheria em janeiro deste ano em Três Lagoas.

Na ocasião do crime, funcionários da joalheria foram surpreendidos por homens armados com revólveres e, em seguida, foram amarrados e mantidos trancados numa sala.

No transcorrer dos trabalhos investigativos, os policiais identificaram a participação de seis envolvidos que contribuíram para a prática do roubo exercendo funções diversas, como levantamento de imagens do estabelecimento onde foi praticado o crime, planejamento, apoio logístico, receptadores responsáveis pela venda dos objetos roubados e executores.

Ainda durante as investigações, foram colhidas diversas provas, como trocas de mensagens entre os suspeitos, filmagens do estabelecimento antes do crime, imagens dos objetos subtraídos e comprovantes da viagem de ônibus realizada por um dos assaltantes.

Conforme a investigação, os policiais identificaram a localização de todos envolvidos: quatro deles viviam em Campo Grande, um em Jales e um em Três Lagoas. Durante a deflagração da operação, as ações ocorreram simultaneamente nas três cidades. Relógios roubados na ocasião foram recuperados.

Durante as diligências em Três Lagoas, duas pessoas foram presas em flagrante por policiais civis e militares, suspeitas da prática dos crimes de tráfico de drogas e receptação, sendo capturado também um foragido da Justiça com condenação pelo crime de furto.

 

Fonte: Campo Grande News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *