O Sebrae/MS, em parceria com a Prefeitura Municipal de Brasilândia e o Sicredi, lançou o projeto Recicla Verdinho no município nessa segunda-feira (2). Realizada por meio do programa Cidade Empreendedora, lançado em maio deste ano na cidade, a ação faz parte do conjunto de ferramentas que o programa propõe para o desenvolvimento econômico e sustentável dos municípios participantes.

Em Brasilândia, a iniciativa vai contemplar 66 alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Paulo Simões Braga e visa conscientizar as crianças sobre a importância da reciclagem e da preservação do meio ambiente, além de promover o consumo de alimentos saudáveis provenientes da agricultura familiar.

Com o Recicla Verdinho, os alunos poderão trocar itens que seriam descartados em casa, como, latas, garrafas pet e recipientes plásticos, por moedas sociais chamadas “verdinhos”, e com eles adquirir hortaliças e frutas dos feirantes cadastrados, diretamente na feira do produtor. O apoio logístico e patrocínio são da cooperativa Sicredi. Inicialmente, seis produtores da cidade estão cadastrados para fornecer produtos aos estudantes, e os demais interessados podem procurar a Secretaria de Desenvolvimento e efetuar a inscrição.

Segundo o agente de Desenvolvimento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Jorge Henrique Olivi de Paula, o projeto agrega benefícios que vão além da economia, já que com a presença das famílias na Feira, todos saem ganhando direta ou indiretamente. “Aumentar e divulgar a coleta seletiva trazem benefícios ambientais e econômicos. As crianças vão aprender a fazer compras na feira, sob as orientações da nutricionista, vão aprender a poupar e conquistar seu próprio dinheiro, além de conhecer os agricultores, saber de onde vem seu alimento e favorecer cada ver mais a prosperidade da agricultura familiar”, salientou.

Além disso, por meio do Recicla Verdinho, os estudantes envolvem a família e são estimulados a separarem os materiais recicláveis, aprendendo sobre sustentabilidade, educação financeira e preservação do meio ambiente na prática. “Em Brasilândia estamos com um ambiente totalmente favorável à implantação do Recicla Verdinho, com apoio das secretarias de Educação e Desenvolvimento Econômico, bem como Sicredi, feirantes e associação de reciclagem. O envolvimento e comprometimento de todos tem sido grande e os resultados não demorarão a aparecer. Vemos isso na empolgação dos professores e alunos participantes”, destacou o analista-técnico do Sebrae, Márcio Ohashi.

Para a professora Edna Custódia, a diversidade de assuntos abordados pelo projeto trará benefícios sociais e pedagógicos aos alunos, envolvendo a comunidade e até servindo como exemplo para outras cidades, que segundo ela, poderão espelhar-se em Brasilândia e vir até o município para conhecer a iniciativa.

“O projeto Recicla Verdinho vem em um momento bem propicio, e vai ajudar não somente a parte ambiental, mas a parte social, porque envolve desde a agricultura familiar até a parte da saúde e alimentação, e realmente a gente vê que a criança participa e se interessa. A parte financeira desenvolve o raciocínio lógico matemático e vai ser bom para o pessoal da feira, que vai poder divulgar seus produtos até para outras cidades, então é viável não só para a comunidade mas para o município todo”, pontuou a docente.

A aluna Ana Cristina Vieira Freitas, do 4º ano, é uma das beneficiadas pelo projeto, e já compreendeu a importância da ação para promover a sustentabilidade. “A gente aprendeu que pode reciclar, trazer aqui para escola e eles vão dar uma notinha que a gente vai usar para comprar legume e verdura. No banco a gente aprendeu que tem que juntar o dinheiro e não ficar gastando com o que a gente não precisa, e isso vai ajudar a natureza, as pessoas e o mundo”, resumiu.

O projeto tem como principal intuito o fortalecimento da agricultura familiar, pois gera renda para quem vive no campo e fomenta o empreendedorismo rural, e terá sua primeira edição na quarta-feira (4) na Praça Ostelino Cardoso, durante a feira do pequeno produtor que é realizada no local, semanalmente. Os recicláveis coletados serão destinados para a Associação Brasilandense de Agentes Ambientais (ASSOBRAA).

Com o lançamento do projeto Recicla Verdinho em Brasilândia, o município se une a outras cidades integrantes do programa Cidade Empreendedora em Mato Grosso do Sul, fortalecendo o compromisso com a conscientização ambiental, o desenvolvimento econômico local e uma educação de qualidade. Essa iniciativa também é realizada em Coxim, Amambai, Costa Rica, Dourados, Inocência, Nova Andradina, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Paraíso das Águas, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Bataguassu, Bela Vista, Caarapó, Naviraí, Ponta Porã e Santa Rita do Pardo.

Mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do número 0800 570 0800 ou pelo site cidadeempreendedora.ms.sebrae.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *