Na segunda-feira (2), uma mulher de 40 anos compareceu à Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) em Três Lagoas para relatar um incidente envolvendo seu ex-namorado, de 52 anos. A vítima alegou ter sido agredida, tido suas roupas rasgadas e ter sido alvo de uma tentativa de estupro durante o final de semana na casa do suspeito no bairro Paranapungá.

De acordo com o relato da vítima, no sábado, dia 30, ela havia comparecido a uma confraternização na residência de amigos acompanhada pelo seu vizinho de 52 anos, que também era seu ex-namorado. Durante o evento, a situação teria se deteriorado quando o ex-namorado demonstrou ciúmes e começou a discutir com a vítima.

Sentindo-se desconfortável e temendo por sua segurança, a vítima decidiu ir embora. No entanto, como o homem era seu vizinho e ex-namorado, ele ofereceu uma carona para levá-la de volta para casa.

Ao chegar à casa do suspeito, a mulher foi surpreendida quando ele fechou a garagem com o carro, impedindo sua saída. Dentro da residência, o ex-namorado acusou a vítima de uma possível traição e começou a agredir a mulher.

Após partir para cima da vítima o suspeito teria tentado beijar a ex-esposa a força, rasgado suas roupa e morder os seios da vítima, que ficaram com hematomas. Durante os abusos sexuais, o homem tomou o celular da da vítima e outros pertences, atirando contra o chão e quebrando.

Enquanto o agressor tentava continuar com o ato de violência sexual, um carro teria buzinado nas proximidades. Suspeitando que fosse alguém conhecido da vítima, sinalizando em frente à casa dela, o agressor reagiu violentamente, agarrando a mulher pelos cabelos, abrindo o portão e a expulsando de sua residência, proferindo ameaças.

Na segunda-feira a vítima foi até a DAM, para formalizar a denúncia contra o ex-namorado e vizinho de 52 anos, que será investigado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *