Três Lagoas já faz parte do roteiro de potencialidade em observação de pássaros livres na natureza. Com isso, neste sábado, 14 de outubro, o Parque Natural Municipal do Pombo, mantido pela Prefeitura Municipal, vai ser utilizado por pesquisadoras do Instituto Mamede de Pesquisa Ambiental e Ecoturismo, com apoio da FUNDTUR e de outros parceiros, para o “Global Big Day”, que é o maior evento de observação de aves do mundo. Milhares de pessoas de todo o mundo se dedicam à observação e registro de aves livres na natureza.

O Parque do Pombo, cuidadosamente administrado pela Secretaria do Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA), foi escolhido pelo fato de ser um dos maiores complexos de preservação de vegetação e fauna do cerrado.

Esse evento é de grande importância para o Município, no projeto de divulgação para impulsionar o turismo local. O turismo de observação de aves possui potencial de conservação e desenvolvimento local, além de movimentar a economia estimulando a preservação de ecossistemas e dando visibilidade a espaços de conservação, pois todo observador é um conservacionista porque precisa que o meio ambiente esteja preservado para que ele possa observar as aves.

O que é e como funciona o Big Day

Cada pessoa ao fazer a lista de espécies observadas e a submete à plataforma de ciência cidadã é considerada cidadã cientista, uma vez que contribui para ampliar as informações e o conhecimento científico sobre as aves existentes no mundo. Quais espécies, quantas e onde estão em determinado momento são as perguntas a serem respondidas. Os dados gerados durante as passarinhadas simultâneas são compartilhadas pelos participantes via aplicativo eBird.

O “Global Big Day” é promovido pelo Laboratório de Ornitologia da Universidade de Cornell (Nova Iorque/EUA) desde 2015 e tem contribuído para o avanço da observação de aves em todo o mundo. Em outubro de 2022, 35.000 pessoas de 180 países compartilharam cerca de 80.000 listas de espécies observadas ao longo das 24 horas.

Mato Grosso do Sul tem marcado presença no Global Big Day desde a sua criação e tem sido destaque em números de espécies registradas e de hotspots (pontos quentes) de observação de aves pelo Basil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *