Os produtores rurais com propriedades localizadas na região do Planalto e Pantanal Sul-Mato-Grossense deverão fazer a atualização cadastral e declaração do seu rebanho a partir de 1° de novembro até 30 do mesmo mês.

A Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) destaca que este compromisso visa atender as ações a serem desenvolvidas para o avanço do Status Sanitário do MS para Área livre de febre aftosa sem vacinação, além de dar garantias quanto ao controle sanitário dos rebanhos.

Diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold

“Agora iremos completar um ano da última vacinação contra a febre aftosa, então caminhamos a passos largos a fim de alcançarmos o reconhecimento internacional através da OMSA, de área livre de Febre aftosa sem vacinação. Um dos caminhos é a atualização cadastral do rebanho”, afirmou o diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold.

Ele destacou que esta atualização cadastral é feita em duas campanhas, nos meses de maio e agora em novembro. “Portanto a partir do dia 1° de novembro até o dia 30 o produtor tem que fazer a atualização do seu rebanho, em relação a mortes e nascimentos, para chegar na atualização completa do seu rebanho, além de outras espécies”, completou.

O diretor-presidente explicou que depois vai se iniciar uma outra programação em janeiro de 2024, com a realização de monitoramento sorológico e o controle do trânsito, quando se apresenta o pleito para o reconhecimento de “livre de aftosa sem vacinação” junto ao mercado internacional. “Temos que agradecer o comprometimento dos produtores, pois na última campanha tivemos 98% de atualização e queremos chegar aos 100%”.

A declaração é obrigatória para criadores de bovinos e de outros animais como galinha, galinha-d’angola, ganso, marreco, pato, peru, ratitas, perdiz, aves não destinadas à produção de carne ou ovos (ornamentais/silvestres), codorna, suíno, caprino, ovino, equino, asinino, muar, abelha, bicho da seda e animais aquáticos.

Foi disponibilizado um telefone para retirar as dúvidas dos produtores por meio do 0800-647 67 13. A Iagro também colocou nas redes sociais um tutorial para realização do procedimento cadastral: https://youtu.be/6K5rjtz_l2w.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *