Na tarde desta quinta-feira, 30 de novembro de 2023, a ação conjunta entre a Primeira e a Terceira Delegacia de Polícia de Três Lagoas culminou na prisão em flagrante de três indivíduos, L.O.S, S.P.S e M.A.L.C., integrantes de uma associação criminosa especializada em práticas de estelionato. Os envolvidos foram detidos após serem surpreendidos abrindo uma conta na Cooperativa Sicredi utilizando documentação falsa, visando a obtenção de financiamentos fraudulentos e causando prejuízos à instituição bancária.

Segundo as investigações, os detidos não são estranhos ao mundo do crime e operam em estrutura organizada, com tarefas bem definidas para a consecução de atividades ilícitas.

O modus operandi da associação criminosa consistia na obtenção de documentos falsificados e no recrutamento de pessoas para abrir contas em agências bancárias. Estas contas, uma vez ativas, tinham seus limites ultrapassados intencionalmente, resultando na distribuição de uma parte dos valores obtidos entre os integrantes do grupo.

No entanto, desta vez, a rápida intervenção da polícia civil impediu que a ação criminosa se concretizasse por completo. Além das prisões, uma série de evidências foi apreendida, incluindo aparelhos celulares, documentos falsificados e diversos envelopes destinados a depósitos bancários. As autoridades também confiscaram um veículo Fiat Argo vermelho e uma motocicleta Honda Biz preta, ambos utilizados como instrumentos para a prática dos delitos.

Os suspeitos foram autuados em flagrante delito pelos crimes de estelionato, uso de documento falso e associação criminosa. A polícia civil solicitou à Justiça a conversão da prisão em flagrante para prisão preventiva, mantendo os detidos à disposição do Judiciário.

Este desmantelamento representa um golpe significativo contra atividades criminosas deste grupo e reforça o compromisso das autoridades em coibir práticas delituosas que afetam instituições financeiras e a sociedade em geral. As investigações prosseguem para identificar possíveis conexões e desarticular completamente essa rede criminosa que atuava em múltiplos estados da federação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *