Adolescente mata pai com tiro no peito ao atirar em capivara em MS

Sem título

Jorge Pereira Alves, de 46 anos, morreu na noite deste domingo (3), após ser atingido por um disparo acidental realizado pelo próprio filho, de 17 anos, durante uma caçada, em uma fazenda, em Nova Andradina (MS). De acordo com a delegada do caso, Lais Alves, o adolescente estava caçando com um amigo, enquanto o pai realizava atividades na fazendo onde a família reside.

Segundo informações, o adolescente atirou duas vezes contra uma capivara que estava em um rio, o primeiro disparo acertou o animal, mas o segundo disparo ricocheteou e atingiu a vítima no peito.

“O adolescente estava bem abalado e nos contou que o pai estava ao redor da área em que ele estava caçando. Em dado momento da caçada ele viu a capivara saindo da água e tentou abater o animal, sem perceber que o pai estava do outro lado do rio”, relatou a delegada.

Conforme a polícia, ao ver que o pai tinha sido atingido, o adolescente correu para socorre-lo e estancar o sangue.

“Eles acionaram o socorro e a polícia, mas a vítima não resistiu e morreu antes de ser atendido”.
Segundo a polícia, a arma usada na caçada se tratava de uma carabina de pressão adaptada para calibre 22.

Na fazenda, uma segunda arma foi encontrada, que segundo o adolescente pertenciam ao pai e eram usadas para a caça de animais.

O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar e será investigado pela polícia de Nova Andradina.

 

Com G1
Foto: Jornal Nova

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias

Banca Digital

Edição 217