Caso de violência doméstica é registrado no bairro Novo Oeste em Três Lagoas

IMG_0942

Na manhã da última quinta-feira (16), um caso de violência doméstica foi registrado no condomínio Tuiuiú, localizado no bairro Novo Oeste, em Três Lagoas. Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, onde uma mulher relatou ter sido brutalmente agredida pelo marido com um pedaço de madeira.

Segundo o relato da vítima, o marido, que é usuário de drogas, havia passado a noite anterior consumindo entorpecentes e bebidas alcoólicas. Ao retornar para casa na manhã de quinta-feira, ele começou a proferir xingamentos contra ela e, em um estado de completo descontrole, desferiu socos que atingiram seus lábios.

Em meio à agressão, o homem pegou um pedaço de madeira e, temendo pela própria vida, a mulher fugiu com a filha pequena no colo. Mesmo em fuga, ela não conseguiu escapar das agressões e foi atingida várias vezes nas pernas com o pedaço de madeira enquanto tentava se esconder em uma residência próxima.

A vítima, que convive com o agressor há sete anos e tem uma filha com ele, relatou que o uso contínuo de drogas pelo marido tem tornado a relação insustentável. De acordo com ela, o comportamento violento do parceiro tem se agravado ao longo do tempo, colocando em risco a segurança de toda a família.

Após localizar a vítima e ouvir seu relato, os policiais militares a conduziram, juntamente com a filha, para a Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM). Pouco depois, o suspeito foi localizado e preso em flagrante. Ele foi autuado pelos crimes de violência doméstica (lesão corporal), ameaça, injúria e difamação.

Denúncias e Apoio

Casos de violência doméstica podem ser denunciados através do Disque 180, um serviço de atendimento que funciona 24 horas por dia. Além disso, as vítimas podem procurar ajuda nas Delegacias de Atendimento à Mulher, que oferecem suporte jurídico e psicológico.

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias

Banca Digital

Edição 217