Sob coordenação dos bombeiros de MS, Força Nacional já atua no combate ao fogo no Pantanal

Combate-FN-e-CBM-MS-Foto-Saul-Schramm-3-730x480

Os 82 militares da Força Nacional já estão em campo auxiliando os combates aos incêndios florestais no Pantanal sul-mato-grossense. Coordenados pelo Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, 16 deles avançaram à noite de sábado (29) combatendo as chamas em uma fazenda de Corumbá.

Nessa ação, foram empregados 25 homens entre Força Nacional e militares do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul. Coube ao subtenente Edraudino Pereira Lúcio comandar a operação ao longo da tarde.

Enquanto militares da Força Nacional chegavam à propriedade, no horário do almoço, bombeiros de Mato Grosso do Sul já combatiam outro foco na mesma fazenda. Em seguida, juntos, bombeiros sul-mato-grossenses e de outros estados iniciaram o enfrentamento ao outro incêndio, maior, que se estenderia noite adentro.

Eles usaram kit pick-up, abafadores e sopradores. A redução da temperatura, mais uma vez nesta semana, favoreceu o combate. Para o subtenente Edraudino, o reforço foi bem-vindo nesse momento em que o bioma enfrenta uma situação de seca severa, que torna o ambiente mais suscetível às queimadas descontroladas.

“Na verdade, todas as forças que estão chegando para cá fazem uma grande diferença. Esse efetivo da Força Nacional, mais o investimento que está sendo feito na parte das aeronavea para ajudar no combate, só vem a agregar e fortalecer a capacidade que nós teremos de controlar esses incêndios”, disse.

Da enchente à seca

Os 16 militares da Força Nacional que atuaram no combate deste sábado (29) vieram de outra missão causada por uma situação climática extrema: as chuvas no Rio Grande do Sul. De acordo com o tenente piauiense Luiz Moraes Nunes, alguns militares da Força Nacional já atuaram no Pantanal, mas outros, não.

“São de vários estados. Temos militares do Nordeste, temos militares da parte Centro-Oeste, Norte e de vários estados do Brasil. Alguns militares já vieram a combate à incêndio aqui no Pantanal, mas, no meu caso, é a primeira vez que estou fazendo esse tipo de trabalho aqui no Pantanal”, contou.

Da Força Nacional foram usados no combate na região próxima ao Buraco das Piranhas seis viaturas, com 2 kits pick up pronto para combate a incêndio.

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias

Banca Digital

Edição 218