• Rafael da Silva Faustino, de 32 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (6) depois de colidir em duas placas na BR-158, em Três Lagoas. De acordo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), ele estava em alta velocidade.

    O motociclista conduzia uma Honda Hornet 600F e, na rotatória de acesso ao Residencial Montanini, perdeu o controle da direção, por conta da alta velocidade, e colidiu em duas placas de sinalização, que foram arrancadas com a força da colisão.

    Militares do Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionados, mas encontraram Rafael já sem vida. O corpo dele estava caído no asfalto com várias escoriações e fratura na coluna cervical. O caso foi registrado como acidente de trânsito com vítima provocado pela própria vítima.

    Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *