A Suzano já sensibilizou mais de 8,5 mil trabalhadores(as) a atuarem na defesa e proteção dos direitos das crianças, dos adolescentes e das mulheres em pouco mais de um ano de implementação do Programa Agente do Bem em Ribas do Rio Pardo (MS). Lançada em setembro de 2021, a iniciativa é realizada com apoio da Prefeitura local, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) e de empresas parceiras com o objetivo de combater todo tipo de violência contra esses públicos na região, onde está em construção a nova fábrica da empresa.

Até o momento, 19 empresas parceiras no empreendimento da Suzano já aderiram ao programa. Com o apoio delas, até dezembro de 2022 já foram realizadas 364 ações de conscientização dentro do canteiro de obras, que resultaram em mais de 37,8 mil escutas – número que representa a soma de todas as vezes que os(as) trabalhadores(as) foram impactados pelas ações. Como um dos objetivos do programa é a multiplicação da informação, o número de pessoas sensibilizadas pode ser ainda maior – a estimativa é de que cerca de 20 mil pessoas tenham sido impactadas de forma indireta.

Para Maurício Miranda, diretor de Engenharia da Suzano e responsável pelas obras de implantação da nova fábrica no município, os números do Agente do Bem demonstram que a empresa está no caminho certo para contribuir com a proteção dos direitos das crianças, adolescentes e mulheres na região. “Em linha com o nosso direcionador que diz que ‘só é bom para nós se for bom para o mundo’, a Suzano assumiu o compromisso de ser protagonista na construção de uma sociedade melhor. E esses resultados mostram que o programa é uma importante ferramenta para alcançarmos esse objetivo, inclusive pela junção de esforços com nossos parceiros públicos e privados, por sua capacidade de sensibilizar trabalhadores e a comunidade em geral sobre a necessidade de proteger os direitos, prevenir e combater a violência contra essas pessoas”, enfatiza.

A desembargadora Elizabete Anache, coordenadora da Infância e Juventude de Mato Grosso do Sul, destaca que a atuação do TJMS é voltada para a prevenção. “Programas e parcerias que contribuem para a garantia dos Direitos Fundamentais das crianças e dos adolescentes estão entre as formas mais eficazes de se prevenir a violência contra essas pessoas, pois promovem o engajamento dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, da sociedade civil organizada e população em geral, e essa junção de esforços cria o ambiente propício para o desenvolvimento de uma rede de proteção realmente efetiva. A Coordenadoria da Infância e da Juventude, com o apoio de todas as instâncias do Poder Judiciário, não mede esforços para buscar ainda mais parcerias frutíferas como essa desenvolvida com a Suzano”, salienta.

Campanha Sinal Vermelho

Dentre as ações de conscientização desenvolvidas por meio do Agente do Bem, um dos destaques de 2022 é a campanha Sinal Vermelho, com o intuito de orientar colaboradores(as) próprios e terceiros sobre como identificar possíveis vítimas de violência contra as mulheres. A campanha, cujo nome faz referência ao símbolo X marcado com batom na mão para que mulheres possam pedir socorro de forma silenciosa, é uma iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), com adesão do TJMS, e foi realizada no canteiro de obras em agosto do ano passado, resultando na sensibilização de 3,6 mil trabalhadores.

De acordo com Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano no Mato Grosso do Sul, trazer a campanha para a obra foi uma das ações mais importantes do ano realizadas no âmbito do Agente do Bem, que mostrou a força da parceria entre os setores público e privado para um fim tão relevante para a comunidade, que é a proteção dos direitos das mulheres. “Nossa estratégia é fortalecer a cultura de prevenção dentro da obra, estimulando os trabalhadores a entenderem isso como um dever também fora do local de trabalho, expandindo essa consciência para suas famílias e toda a comunidade”, afirma.

A juíza Helena Alice Machado Coelho, coordenadora da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJMS,comemora os números do programa e comenta a colaboração entre poder público e inciativa. “A parceria firmada com a Suzano foi essencial para avançarmos nas campanhas de sensibilização e enfrentamento à violência contra as mulheres em nosso estado. Nossa intenção é, entre outras, a de formar técnicos e técnicas da empresa sobre os programas da Coordenadoria da Mulher para que sejam agentes multiplicadores das ações de enfrentamento à violência contra a mulher. São essas parcerias que possibilitam compartilhar conhecimentos e experiências e aproximar o Poder Judiciário da sociedade”, observa.

Ao longo do ano, também foram tratados dentro da obra temas como as atitudes que cada agente do bem deve tomar caso presencie ou suspeite de situações de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e de violência contra mulheres, combate ao feminicídio, prevenção ao suicídio e cuidados com a saúde mental de crianças e adolescentes, entre outros. Externamente, a empresa realiza uma campanha publicitária nos meios de comunicação locais sobre a prevenção e combate à violência contra esses públicos.

Agente do Bem

Lançado em Mato Grosso do Sul pela Suzano em 2016, durante a construção da segunda fábrica em Três Lagoas, o Programa Agente do Bem nasceu da parceria com a Childhood Brasil com o objetivo de mobilizar todos os setores da sociedade local para participar de ações de proteção dos direitos de crianças e adolescentes. A iniciativa se expandiu em 2021, sendo levada para outros nove municípios: Água Clara (MS), Conceição da Barra (ES), Dom Eliseu (PA), Imperatriz (MA), Itapetininga (SP), Mucuri (BA), Pedro Canário (ES), Ribas do Rio Pardo (MS) e Suzano (SP).

Em Ribas do Rio Pardo, o programa passou a incluir ações para a proteção dos direitos das mulheres, em decorrência do aumento do número de casos de violência registrados em todo o Mato Grosso do Sul. Em maio de 2022, foi assinado um Acordo de Cooperação mútua entre a Suzano, o TJMS e a Prefeitura de Ribas do Rio Pardo para fortalecimento das ações e, em agosto, mais 15 empresas parceiras juntaram-se à Suzano na execução do programa. Desde então, 50 multiplicadores dessas empresas já foram formados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *