MS tem déficit de 4,4 mil policiais militares e 1 mil agentes da Polícia Civil, aponta estudo

policia-militar

Mato Grosso do Sul conta com um déficit de 4,4 mil policiais militares e mil agentes da Polícia Civil, segundo levantamento realizado pelo Fórum de Segurança Pública. No País, há 179,5 mil vagas não preenchidas na PM e outras 55,2 mil na Civil, de acordo com o Raio-X da Força de Segurança Pública no Brasil divulgado nesta terça-feira (27).

No Estado, a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública considera que o efetivo ideal da PM seria de 9,6 mil militares. Contudo, existem atualmente 5,2 mil policiais militares na ativa, o que representa 54,5% do ideal.

Na Polícia Civil, o número ideal era de 3 mil policiais civis, mas atualmente 2 mil (66,4%) estão na ativa. Na prática, isso significa que seria necessário a realização de concurso público para a contratação de 5,4 mil novos policiais civis e militares em MS.

Apesar do déficit, houve acréscimo de 24,5% no número de inquéritos relatados pela Polícia Civil no Estado. De acordo com o Fórum de Segurança Pública, o número passou de 35,6 mil, em 2021, para 44,2 mil em 2022.

 

Com O Jacaré

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias

Banca Digital

Edição 217