• A disputa eleitoral visando a sucessão para o governo do estado do Mato Grosso do Sul começa a se desenhar, com os principais nomes postulantes sendo avaliados pelo eleitorado. A mais recente pesquisa registrada pelo Instituto Ranking Brasil, e divulgada neste domingo (08/05), mostra que a eleição será decidida somente no segundo turno devido os bons números alcançados pelos pré-candidatos.

    De acordo com o instituto, Foram entrevistados três mil eleitores acima de 16 anos em 30 municípios do Estado entre os dias 02 e 06 de maio de 2022. O levantamento tem os registros no TSE com os números: MS-09961/2022 e BR-01171/2022.

    Quatro candidatos aparecem com chances reais de irem para o segundo turno: André Puccinelli, Rose Modesto, Marquinhos Trad e Eduardo Riedel. Capitão Contar (PRTB) e Giselle Marques (PT), estão bem mais distantes dos demais.

    Com a saída do ex-governador Zeca do PT da disputa, o as peças do tabuleiro se mexeu e o ex-prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) assumiu o segundo lugar. Nessa nova medição, Marquinhos passou a deputada federal Rose Modesto (União Brasil), e se encontra na vice-liderança. O ex-governador André Puccinelli continua liderando o pleito. Eduardo Riedel se mantem bem posicionado.

    Espontânea

    Na espontânea, o ex-governador André Puccinelli (MDB) tem 16,60% das citações, seguido pelo ex-prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) com 15,20%; em terceiro está a deputada federal Rose Modesto (União Brasil) com 12,30%; em quarto lugar aparece Eduardo Riedel (PSDB) que pontuou 10,00%.

    Depois aparecem, pela ordem, o deputado estadual Capitão Contar (PRTB) com 2,00%, Giselle Marques (PT) pontuou 0,50%. Outros candidatos somaram 1,00%. Brancos, nulos, indecisos, não sabem e que não responderam somam 42,40%.

    Estimulada 1

    Na primeira das simulações em consulta estimulada, André Puccinelli continua na dianteira com 21,20%, com Marquinhos Trad em segundo com 20,00%. Em seguida estão Rose Modesto (17,30%), Eduardo Riedel (15,50%), Capitão Contar (4,00%) e por último Giselle Marques (1,70%). Indecisos, votos nulos e em branco, não sabem e não responderam 20,30%.

    Estimulada 2

    No segundo cenário com cinco nomes, André Puccinelli se mantem na frente, com 21,40%; Marquinhos Trad 20,10%, Rose Modesto 18,00%; Eduardo Riedel (16,30%) e Capitão Contar (4,10%). Indecisos, votos nulos e em branco, não sabem e não responderam 20,10%.

    Estimulada 3

    No terceiro cenário com quatro nomes, André Puccinelli aparece com 22,40%; Marquinhos Trad (21,30%); Rose Modesto 19,10% e Eduardo Riedel (17,00). Indecisos, votos nulos e em branco, não sabem e não responderam 20,20%.

    Rejeição

    Na pergunta sobre em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, o mais citado é André Puccinelli com 22,50%, em segundo lugar está Marquinhos Trad (15,00%), em terceiro lugar está Capitão Contar (5,50%). Em seguida aparece Giselle Marques (5,20%), Rose Modesto (3,50%) e por último Eduardo Riedel (3,20%). Os que não responderam ou não sabem, os que votam em branco ou anulam o voto e os indecisos somam 45,10%.

    Dados da pesquisa

    Para um intervalo de confiança de 95% e um tamanho de amostra de três mil entrevistas, a margem de erro máxima estimada foi de 1.8 pontos percentuais, para mais ou para menos. Estatístico responsável: Augusto da Silva Rocha, registrado no Conre 3 e no Conre 1 com o número 7655. O Instituto Ranking Brasil é registrado no Conre 1 com o número: 8561.

     

    Fonte: Diario MS News

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *